A HMS atua nacionalmente nas áreas de Medicina e Segurança do Trabalho, com foco no mercado empresarial, possuindo grande capilaridade de serviços e alta qualificação profissional - Porto Alegre - Brasil

Intranet hms, medicina do trabalho, segurança do trabalho, segurança empresarial, empresa, curso, treinamento, qualificação, implantação, gestão, programas, porto alegre, região metropolitana, rio grande do sul, brasil

Acidentes com máquinas causam 12 amputações por dia e 601 mortes por ano

Acidentes com máquinas causam 12 amputações por dia e 601 mortes por ano

Acidentes com máquinas causam 12 amputações por dia e 601 mortes por ano

No dia 28 de abril de 1969, uma explosão numa mina no estado norte-americano da Virginia matou 78 mineiros. Em 2003, a Organização Internacional do Trabalho (OIT) instituiu a data como o Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho, em memória às vítimas de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho. Neste dia são celebrados eventos no mundo todo para a conscientização dos trabalhadores e empregadores quantos aos riscos de acidentes. A data foi instituída no Brasil pela Lei nº 11.121 de 2005.

De acordo com a OIT, anualmente, cerca de 270 milhões de trabalhadores são vítimas de acidentes de trabalho em todo o mundo. No Brasil, segundo o relatório, são 1,3 milhão de casos, que têm como principais causas o descumprimento de normas básicas de proteção aos trabalhadores e as más condições nos ambientes e processos de trabalho. Acidente de trabalho é aquele que ocorre pelo exercício da atividade durante o expediente , no percurso do trabalhador para empresa ou na volta para casa. "São aqueles em que há lesão corporal ou perturbação funcional, permanente ou temporária, que causa a morte, a perda ou a redução da capacidade para o trabalho", explicou o engenheiro de segurança no trabalho e conselheiro do CREA-RJ, Evaldo Valladão Pereira.

O Brasil ocupa o 4º lugar em relação ao número de mortes, com 2.503 óbitos. O País perde apenas para China (14.924), Estados Unidos (5.764) e Rússia (3.090). Para Valladão, a data é um marco histórico na luta dos trabalhadores por melhorias nas condições de segurança e saúde no trabalho. "É necessário que existam políticas públicas mais eficientes na garantia da prevenção dos acidentes e na fiscalização do cumprimento das normas", explicou. Os custos gerados pelos acidentes de trabalho representam cerca 3,8% do Produto Interno Bruto brasileiro.

Segundo o especialista, a SST precisa ser aplicada e respeitada em todas as categorias. "A segurança no trabalho não é apenas para o trabalhador que lida com máquinas pesadas na metalurgia, mas para todos os trabalhadores. O funcionário da limpeza precisa ter cuidados, pois está lidando com produtos químicos, o trabalhador de escritório também necessita ter as condições ideais para exercer a sua função. Todos os trabalhadores estão vulneráveis", disse.

De acordo com Valadão, a segurança e a saúde no trabalho contribui para demonstrar que uma empresa é socialmente responsável; ajuda a aumentar a produtividade dos trabalhadores; reforça o compromisso deles com a empresa; cria mão de obra mais competente e mais saudável. "A SST começa com o respeito, pois um trabalhador respeitado é valorizado. A valorização contribui para que as empresas cumpram as normas que assegurem a saúde e a vida do colaborador", afirma.

(Fonte: CSB)

Últimas do Blog

Cursos de Segurança do Trabalho no Varejo

Cursos de Segurança do Trabalho no Varejo

Gestão de Medicina e Segurança do Trabalho no Varejo

EAD em Segurança do Trabalho – Alternativa Eficaz

Últimas Notícias

28 de Abril - Dia Mundial da Saúde e Segurança no Trabalho

28 de Abril - Dia Mundial da Saúde e Segurança no Trabalho

Governo regulamenta a realização de exames toxicológicos em motoristas profissionais

Acidentes com máquinas causam 12 amputações por dia e 601 mortes por ano

Preencha o formulário para entrar em contato com nossas áreas técnicas. Se preferir, entre em contato com a HMS através do telefone (51) 3076-5001.
Nosso horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.