A HMS atua nacionalmente nas áreas de Medicina e Segurança do Trabalho, com foco no mercado empresarial, possuindo grande capilaridade de serviços e alta qualificação profissional - Porto Alegre - Brasil

Intranet hms, medicina do trabalho, segurança do trabalho, segurança empresarial, empresa, curso, treinamento, qualificação, implantação, gestão, programas, porto alegre, região metropolitana, rio grande do sul, brasil

Cursos de Segurança do Trabalho no Varejo

Cursos de Segurança do Trabalho no Varejo

Cursos de Segurança do Trabalho no Varejo

Repetindo a introdução de meu último post: "As redes varejistas possuem características que tornam a gestão das áreas de medicina e segurança do trabalho um desafio diário: pulverização de lojas, baixos riscos de acidentes e foco dos gestores em vendas são alguns dos exemplos".
Observamos, ao longo de nossa experiência, que boa parte das empresas do setor de varejo age de forma reativa no que tange à aplicação de Cursos de Segurança do Trabalho.

Claro, trata-se de matéria complexa de se implementar em grandes redes. Envolve planejamento, cronograma, logística, convencimento dos gestores e o principal: orçamento!

Pensemos pelo lado financeiro da coisa, afinal estamos em crise! Por que assumir este gasto? Haverá retorno? Será custo ou será investimento?

Depende. Se você entende a matéria pelo lado do desenvolvimento humano e da qualidade de vida no trabalho, estamos falando em investimento. Se você considerar que estes cursos são dispensáveis para o seu perfil, estamos tratando de custo.

Mas estamos enveredados em uma matéria que trata de Prevenção de Acidentes! Estamos, portanto, tratando de riscos e dos passivos tangíveis e intangíveis associados.

Abaixo relacionamos algumas situações comuns

1. Curso de CIPA – NR 5: Uma loja com mais de 50 colaboradores recebe uma fiscalização do MTB. Um dos primeiros itens solicitados será a ata de eleição da CIPA e os certificados de conclusão do Curso. A não apresentação dos mesmos resultará em:

  • Autuação e multa, com prazo para realização do Curso;
  • Contratação emergencial que resulta em preços mais elevados.

Cabe salientar que um dos objetivos da CIPA é identificar e prevenir riscos de acidentes no local de trabalho.

2. Curso de Brigada de Incêndio - NBR 14.276 e NR 23: Uma loja registra ocorrência de Incêndio acidental. Se a Loja tiver formado sua brigada de incêndio o combate ao incêndio e a evacuação da loja contará com suporte de colaboradores treinados e a Empresa e seus gestores terão material de defesa jurídica para comprovar suas boas práticas. Por outro lado, estando desguarnecida, potencializam-se os seguintes riscos:

  • Indenizações a terceiros;
  • Indenizações de natureza trabalhista;
  • Dano à imagem da Empresa (mídia negativa);
  • Responsabilização criminal de gestores em caso de lesões graves ou morte (vide caso Boate KISS).

3. Curso de Ergonomia, Manuseio e Levantamento de Cargas: Pense em um estoquista carregando diariamente produtos com peso elevado. Sem a correta orientação o mesmo poderá realizar a tarefa com a postura incorreta durante um longo período de tempo, o que poderá ocasionar algum tipo de lesão. Este colaborador necessitará de tratamento, possivelmente uma cirurgia, o que é algo extremamente caro, correto? Riscos:

  • Redução da produtividade do trabalhador;
  • Afastamento do colaborador por longos períodos ou mesmo permanente;
  • Aumento da sinistralidade do Plano de Saúde por cirurgia de alto custo;
  • Indenizações de natureza trabalhista.

Desta forma, em que se pesem os riscos potencias versus o custo destes treinamentos, verificamos que existe base sólida favorável à sua adoção pelas empresas do ramo.

Pedro Heemann Mota - CRARS 048569
Diretor
HMS Medicina e Segurança do Trabalho

Últimas do Blog

Cursos de Segurança do Trabalho no Varejo

Cursos de Segurança do Trabalho no Varejo

Gestão de Medicina e Segurança do Trabalho no Varejo

EAD em Segurança do Trabalho – Alternativa Eficaz

Últimas Notícias

28 de Abril - Dia Mundial da Saúde e Segurança no Trabalho

28 de Abril - Dia Mundial da Saúde e Segurança no Trabalho

Governo regulamenta a realização de exames toxicológicos em motoristas profissionais

Acidentes com máquinas causam 12 amputações por dia e 601 mortes por ano

Preencha o formulário para entrar em contato com nossas áreas técnicas. Se preferir, entre em contato com a HMS através do telefone (51) 3062-7937.
Nosso horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.